Arquitetura do Nada

Arquitetura do Nada

Fragmentada, a obra é composta por diversos contos onde o narrador nutre a paixão por várias mulheres. Nesta coleção de momentos, cada conto revela mais sobre cada uma delas. Ao som de clássicos do rock e jazz, a sua existência se desdobra em descobertas, perdas, frustrações e a busca do amor entre doses de whisky ou xícaras de café. Às vezes ignorando a pontuação ou usando outros idiomas para expressar o que sente; em sua própria confusão procura sua identidade. E quem é que surge da união desses fragmentos?