LOOP DISCOS

LOOP DISCOS

http://loopdiscos.tanlup.com

Gru "Welcome Sucker to Candyland"

1 pessoa gostou deste produto:
R$ 15.70
Gru "Welcome Sucker to Candyland"
(por Marcelo Ferla)

Estou escrevendo pra você, que não conhece a Gru.
Se não quiser ler, não tem importância, ouça Welcome Sucker to Candyland que, 10 faixas depois, vai saber tanto dela como se fosse um amigo íntimo.
O disco é a Gru, a Gru é o disco: uma coleção de melodias inteligentes, dinâmicas e grudentas como um doce de caramelo – mas desconfio que ela gostaria mais se eu citasse bolachas recheadas de morango.
A Gru é tão fã de doces quanto do Hanson, e ela adora dizer isso, porque não se importa de soar pop, muito menos trabalha pra se inserir em alguma cena musical que exija citações cool ou um clipe moderno ou uma foto filtrada do instagram – e se este é um disco com a cara dos anos 90, não é da parte que está
“na moda”. 
Se fosse pra soar cool, Gru me pediria pra sair logo escrevendo que adora Elvis Costello, Neko Case e Rilo Kiley e sua banda predileta não apenas é o Buffalo Tom como o baixista do grupo, Chris Colbourn, faz dueto com ela na balada “The Sweetest”.
E se ele é efetivamente perceptível, todos os demais artistas citados são claramente referenciais nos sons de Welcome Sucker to Candyland, frase que a cantora country Loretta Lynn sugere que seja dito para o novo namorado de uma menina que não presta. 
Aliás, a influência feminina (inclusive de garotas que prestam) é bem perceptível no disco, produzido por Gru e seu amigo de longa data John Ulhoa, e gravado no estúdio dele, o 128 japs, de Belo Horizonte (foi masterizado, online, por Mike Fossenkemper do TurtleTone Studio de Nova York). Além das garotas já citadas, há doses generosas de Aimee Mann na fábrica de doçuras sonoras. De alguma maneira, fico pensando que sons como “Just The Way you Are”, minha faixa predileta, caberiam como uma luva em seriados como “Gilmore Girls”. E que o Lemonheads, de quem ela também gosta, adoraria regravar “Bad Plot” – som que me remete ao Video Hits, cujo baterista, Mike Vontobel, é parceiro de “Feel Like
Running” (John é parceiro de “Can't Fool Me”, que tem vocais de Frank Jorge).
“Ah, eu sou de Pelotas, tenho 30 anos, e fiz toda arte do disco, inclusive as fotos das balas”, me escreveu a Gabi Lima. Que é a Gru. Que é Welcome Sucker to Candyland.

Gru. Welcome Sucker to Candyland

Produção musical: John Ulhoa e Gabi Lima Selo: Loop Discos

Direção Artística: 4nazzo e Edu Santos Produção Executiva: Marília Feix

Contato: loopdiscos@loopreclame.com.br 

Canais

Miscelânea