Instituto Todos com Felipe

Instituto Todos com Felipe

http://todoscomfelipe.tanlup.com

Livro Borboleta Azul - Renata Cordeiro Guerra

R$ 39.90
ou em 4x de R$ 10.73

Renata Cordeiro Guerra lançou biografia sobre o filho Felipe, que não resistiu a um câncer cerebral e faleceu aos 13 anos. O coquetel de lançamento aconteceu no dia 8 de dezembro, às 18h, no Jockey Club - Salão Victoria.

Uma história de amor e luta, que se transformou no Instituto Todos com Felipe, ONG que presta assistência a crianças e adolescentes com algum tipo de enfermidade. A renda obtida através da venda dos exemplares será destinada aos projetos do TCF

Após receber os prêmios Cariocas do Ano, da revista Veja, na categoria Filantropia, e Toda Extra, do jornal Extra, na categoria Do luto à luta, chegou a vez da advogada Renata Cordeiro Guerra lançar o livro “Borboleta Azul”, contando a história de luta que ela e filho Felipe enfrentaram contra um câncer cerebral, descoberto quando ele tinha apenas 4 anos.

"A ideia do livro é levar um pouco de alento para outras famílias que viveram, e vivem, uma situação parecida: a perda de um filho. Uma linda história de amor, um outro filho nascendo. Assim eu me sinto vendo o livro pronto. E não é uma história triste. É uma leitura emocionante, que me fez reviver cada momento especial que passei com o Felipe”, diz Renata.

“Borboleta Azul” tem um capítulo dedicado ao Instituto Todos com Felipe, ONG que Renata criou há 1 ano. A ideia surgiu entre as indas e vindas ao hospital, durante o tratamento do Felipe. Renata levava com ela uma maleta com jogos de tabuleiro, cartas, papel e lápis de cor que ajudavam a distrair o filho, durante as inúmeras internações. Então ela pensou nas mães de crianças carentes, que não tinham condições financeiras de tratar os filhos em uma emergência particular, e decidiu levar o lúdico para dentro dos hospitais públicos. Em um ano, apenas, através de parcerias e eventos beneficentes, Renata já conseguiu produzir duas brinquedotecas: um no Hospital Nossa Senhora do Loreto, na Ilha do Governador, e outro no Instituto Fernandes Figueira, no Flamengo. A próxima ação, que está em fase de captação, será a reestruturação da ala infantil da ABBR, no Jardim Botânico.

“O projeto Brinquedoteca tem como objetivo proporcionar lazer às crianças atendidas nas unidades, contribuindo para melhorar a receptividade aos exames e tratamentos, ajudando a diminuir a ansiedade nas internações, pois o que se observa em hospitais públicos e instituições carentes, hoje em dia, é que não há um espaço lúdico para crianças doentes. Geralmente elas ficam em salas de espera, sentadas com o responsável, durante horas, até serem atendidas. A brinquedoteca é um jeito carinhoso de levar o lúdico para dentro do hospital e assim humanizar mais o tratamento pediátrico, fazendo com que essas crianças não tenham tanta rejeição ao hospital", finaliza Renata.

Canais

Design