Paolo Maranca - Itália, 1938 - 2006

  
R$ 260,00
Delicada e rara! Pintura original do artista italiano Paolo Maranca, datada 1955.

Apresenta desgastes da passagem do tempo, que atestam sua longa história. Moldura original de época, devendo ser refeita devido ao estado de conservação (sugere-se enviar sem moldura: assim, você pode escolher o acabamento que mais combina com sua decoração).

Pagamento em até 12x. 

Dimensões da obra: Largura 20cm | Altura 31cm



Maranca, Paolo (1938 - 2006)
Nascimento/Morte
1938 - Villa delle Fate, Nápoles (Itália) - 28 de fevereiro
2006 - São Paulo SP - 19 de agosto


Formação

1952 - São Paulo SP - Cursa a Escola de Artesanato do Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM/SP, desenvolvendo a técnica de desenho e pintura

1953 - São Paulo SP - Ingressa no ateliê de Waldemar da Costa (1904 - 1982), trabalhando sob sua orientação

1957 - São Paulo SP - Ingressa no ateliê de Clóvis Graciano (1907 - 1988), no qual inicia painéis, murais



Cronologia

Ilustrador, desenhista, crítico de arte, jornalista

1948 - Ribeirão Preto SP - A família emigra para o Brasil. Seu pai, engenheiro agronomo, é contratado para trabalhar na Fazenda Amália do Conde Francisco Matarazzo.

1956 - São Paulo SP - Atua como crítico de arte no Jornal Fagulha

1956 - São Paulo SP - Organiza a exposição do Retrato Moderno com obras de Tarsila do Amaral (1886 - 1973) , Mario Zanini (1907 - 1971), Bruno Giorgi (1905 - 1993), Anita Malfatti (1889 - 1964) e Flávio de Carvalho (1899 - 1973)

1957 - São Paulo SP - Trabalha com Clóvis Graciano, pintando grandes painéis, entre eles o do prédio Três Leões na Av. São João

1957 - São Paulo SP - Publica diariamente desenhos defendendo causas ecológicas no jornal Diário da Noite

1957/1961 - São Paulo SP - Realiza ilustrações diárias para crônicas de Quirino da Silva (1897 - 1981) nos jornais Diário da Noite e Diário de S. Paulo

1958 - São Paulo SP - Organiza a exposição da Pintura Paulista Contemporânea na Galeria Prestes Maia

1958 - São Paulo SP - Atua como crítico de arte no jornal Notícias Hoje

1958/1961 - São Paulo SP - Atua como crítico de arte no jornal Crítica de São Paulo

1960/1962 - São Paulo SP - Atua como crítico de arte no jornal Correio Paulistano

1960 - Trabalha na TV Excelcior. É redator, locutor de telejornal, assistente do ator e diretor teatral Ziembinski (1908 - 1978) no teleteatro semanal Os Caminhos da Medicina e produtor de shows semanais do ator e cantor Ivon Curi

1963/1973 - São Paulo SP - Atua como crítico de arte no jornal Última Hora

1966 - São Paulo SP - É diretor artístico da Galeria Brasileira de Arte

1972/1983 - São Paulo SP - Atua como crítico de arte no jornal Folha da Tarde

1976 - Santo André SP - Participa de comissão de seleção e de premiação do 9º Salão de Arte Contemporânea de Santo André, no Paço Municipal

1986/1987 - São Paulo SP - É presidente da Associação de Críticos de Arte, APCA

1984 - São Paulo SP - Atua como crítico de arte na revista O Hebreu

1985/1987 - São Paulo SP - Atua como crítico de arte na revista Visão

1986/1989 - São Paulo SP - É diretor de artes plásticas do Centro Cultural São Paulo - CCSP
ARKEÔ - Garimpo Vintage oferecido por:
ARKEÔ - Garimpo Vintage
887 100%

Também gostou? Então compartilha!