Mudas De Suculentas Mini Cactos caixa C/15 mudas

  
R$ 62,00
Como Cuidar de Mini Cactos

 

 
 

Algumas pessoas optam por ter Mini Cactos em casa porque acreditam que eles demandam menos atenção e cuidado que outros tipos de plantas que necessitam de água todos os dias. De certa forma não deixa de ser verdade que esse tipo de planta exige menos tempo do seu dono, mas como todo ser vivo necessita de alguns cuidados e atenção.

Se você está pensando em ter Mini Cactos em casa ou no jardim é importante que saiba que sais os cuidados essenciais para que essas plantas cresçam e se desenvolvam da melhor forma possível. Confira abaixo dicas de como cuidar dessas belas e diferentes plantas.  

 
 
 
Os Cactos

Os Cactos pertencem à família Cactaceae e possuem aproximadamente 84 gêneros e umas 1.400 espécies nativas das Américas. Em geral esse tipo de planta é usada para fins ornamentais, mas também pode ser utilizada na agronomia.

Podemos definir essas plantas como pouco usuais uma vez que estão adaptadas a ambientes extremamente áridos e quentes. Uma das principais e mais curiosas características dos Cactos é a capacidade de conservar água.

Essas plantas são um ótimo exemplo de adaptação ao ambiente extremo, o caule do Cacto se expandiu em estruturas suculentas verdes e perenes para conseguir conter a clorofila que é necessária para a vida.

Os espinhos são as folhas que no processo de evolução se reduziram, a principal função deles é realizar a respiração da planta. Também são essenciais para a produção de energia e transpiração do Cacto. Os espinhos ajudam a evitar a grande perda de água, um dos motivos que torna essa planta capaz de armazenar o líquido da vida.

Quando o Cacto está inserido na natureza os espinhos também tem a função de proteção da planta contra possíveis predadores.

 

 
 
 
Como Cuidar de Mini Cactos em Casa

Os Cactos podem ser plantados a partir de mudas e também sementes compradas em lojas especializadas em jardinagem. Porém, somente plantar não será o suficiente para que os seus Cactos cresçam e se desenvolvam. Como toda planta os seus Cactos também precisam de atenção e cuidados.

Estufas Improvisadas

Os profissionais que trabalham com o cultivo de Cactos contam com a tecnologia ao seu favor na hora de promover um ambiente controlado e próximo do extremo de calor que essas plantas exigem. Porém, como nem sempre temos acesso a essa tecnologia é importante contar com a criatividade.

Nesse caso a dica é substituir as superestufas tecnológicas por garrafas PET, o mais legal é que você ainda promove a reciclagem. Comece o procedimento plantando os seus Cactos em vasos definitivos, é importante que esse vaso seja proporcional ao tamanho atual do seu Cacto.

Depois de fazer o replante é necessário regar a terra que envolve o Cacto, coloque então a garrafa PET. Basta cortar o fundo da garrafa e encaixá-la sobre o Mini Cacto, observe que o excesso de água escorrerá de forma normal para o fundo do vaso e ficará uma boa umidade na garrafa.

Essa umidade que fica que na estufa improvisada será absorvida pelo Mini Cacto. Esse truque da miniestufa pode ajudar a acelerar em até 25% o crescimento da sua planta.
jgprodutos oferecido por:
jgprodutos
1

Também gostou? Então compartilha!